02 Oct 2017

Workshop fornece dicas para exportação de calçados

 

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) realizou, durante o dia de ontem (28), o Workshop de Exportação, uma iniciativa realizada por meio do programa Brazilian Footwear, mantido pela entidade em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O encontro aconteceu na sede da Abicalçados, em Novo Hamburgo/RS, e foi ministrado pelo professor e gestor de projetos de internacionalização da Inovee Consultoria, Gustavo Piardi, e pela economista da área de Inteligência da Abicalçados, Priscila Linck. 

Piardi iniciou os trabalhos com uma dinâmica envolvendo a apresentação dos profissionais presentes, que faziam parte de empresas de calçados, consultorias e tradings para o comércio exterior. Com isso, foi identificado o perfil da maioria das empresas presentes, que ainda não exportavam ou estavam iniciando os trabalhos no mercado internacional. Na próxima fase, o gestor promoveu um exercício coletivo com ferramenta Canvas Core, trazendo à tona os objetivos das empresas para a discussão no grande grupo. “O compartilhamento dessas informações é importante, mas o objetivo foi apresentar como usar essa poderosa ferramenta de planejamento”, explicou. 

Segundo Piardi, o planejamento é essencial para a inserção no comércio internacional, que pode se dar de diversas formas: de forma indireta, por meio de uma empresa nacional, trader, que exporta o seu produto; por meio de agente interno, que faz a ligação entre exportador e importador mediante comissão; e a exportação direta, “orientada para empresas mais maduras”, quando é necessário ter departamento específico alocado para tal atividade. 

Documentação
Segundo Piardi, a globalização e o acesso às tecnologias facilitaram sobremaneira o processo de exportação, mas isso não quer dizer que a burocracia tenha sido eliminada. Portanto, é preciso atenção redobrada com documentações como o Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros (Radar), sistema da Receita Federal que permite que empresas possam importar e exportar - sem o registro do Radar, pelos meios legais não é possível realizar qualquer operação de comércio exterior. “A empresa também precisa estar ciente das competências envolvidas para a exportação: Marketing/Vendas, Design, Financeiro e Produção. É importante não iniciar esse trabalho sem verificar capacidade de pagamento do importador, a questão cambial, exigências de garantias, entre outros aspectos”, acrescentou o especialista. Piardi destacou, ainda, que a formação de preço tem fundamental importância na operação e que um mecanismo do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) ajuda na questão: simuladordepreco.mdic.gov.br

Inteligência
A Inteligência de Mercado é outra ferramenta fundamental para o sucesso no mercado internacional. A apresentação do tema foi realizada pela economista e responsável pela área de Inteligência da Abicalçados, Priscila Linck. Segundo ela, o mecanismo fornece elementos, por meio do cruzamento de dados e mais de 90 variáveis num histórico de cinco anos, para seleção de mercados. Os aspectos levados em consideração pela Inteligência são: comércio exterior do país; exportações brasileiras para o país pesquisado; análise da concorrência local; a facilidade de acesso (logística); questões macroeconômicas; consumo interno de calçados; capacidade de pagamento (é preciso analisar o nível de reservas internacionais do país em questão); barreiras tarifárias e não tarifárias; impostos de importação; demografia; preço médio do calçado importado; entre outros. 

Para exemplificar o trabalho realizado, que também serve como ferramenta para a escolha dos mercados-alvo do programa Brazilian Footwear, realizado em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Priscila apresentou tabelas do varejo mundial e também na Argentina - segundo principal destino internacional dos calçados brasileiros. Com os dados, Priscila ressaltou a projeção de crescimento do consumo de calçado no mundo até 2020, de 4,5%, e na Argentina, de 2,9%. “Na Argentina, como não existe uma expansão na renda, não existe expectativa de aumentar o consumo per capita - hoje em 1,5 par/ano. O crescimento se dará basicamente pelo crescimento populacional”, comentou. 

A economista também abriu a lista dos importadores de calçados brasileiros na Argentina. Hoje os dez maiores importadores compram quase 70% do total importado do Brasil. Segundo Priscila, as informações levantadas pela Inteligência da Abicalçados são essenciais para uma maior assertividade nos negócios internacionais. “O objetivo é auxiliar as empresas nas tomadas de decisões, redução de custos e tempo de processo, entre outros”, disse.  O serviço é exclusivo para empresas associadas da Abicalçados. Saiba mais: http://bit.ly/2hC0cbp

Falaram ainda no Workshop o gerente de vendas da UPS no Brasil, Fernando Peixeiro; Pedro Reisdorfer, do Grupo Exicon/South Service Trading; e Maurício Garcia, do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX), programa da Apex-Brasil desenvolvido em parceria com entidades acadêmicas brasileiras. A empresa de logística UPS concede descontos especiais aos associados da Abicalçados, que vão desde  60% a 77% nos transportes nacionais, e de 82% a 87% nos internacionais. Mais informações pelo e-mail  This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

O Workshop de Exportação foi realizado pela Abicalçados e contou o patrocínio da UPS e apoio da Inovee Consultoria. 


Sobre o Brazilian Footwear:
Brazilian Footwear é um programa de incentivo às exportações desenvolvido pela Abicalçados em parceria com a Apex-Brasil. Este programa tem por objetivo aumentar as exportações de marcas brasileiras de calçados através de ações de desenvolvimento, promoção comercial e de imagem voltadas ao mercado internacional. Conheça: www.brazilianfootwear.com.br www.abicalcados.com.br/brazilianfootwear

Sobre a Apex-Brasil: 
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos  (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. Para alcançar esses objetivos, a Apex-Brasil realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.
Conheça: www.apexbrasil.com.br

Read 216 times
Rate this item
(0 votes)

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.

A Empresa

Entre em contato conosco:

E-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Rua Rangel Pestana, 23 Centro
Jaú - São Paulo - Brasil
Fone: (14) 3625-4489
Facebook
Skype: bigdesignerjau

Pés famosos ou não